Posts Taged millenials

Mentoria: alternativa para desenvolver os Millenials

Os Millenials – ou Geração Y – já tomaram conta do mercado de trabalho. Tanto líderes quanto liderados hoje são os nascidos na geração de 80 e já convivem com alguns da Geração Z, que nasceram após 1995.

São, em geral, pessoas com necessidades e pensamentos totalmente diferentes, tendo em vista a intimidade com a tecnologia e todas as transformações que ocorreram. Por isso, empesas precisaram se adaptar, tanto para conseguir obter os melhores resultados frente a esses novos perfis, aprimorar os métodos de aprendizado ou fazer a retenção de talentos. Veja três maneiras de desenvolver os Millenials:

Acompanhe o ritmo. Uma característica marcante dos Millenials é a impaciência. Ainda que muitos da Geração X acabem rotulando seus sucessores de mimados, essa “pressa” pode ser usada como força propulsora muitas vezes.

Acelerar alguns processos e buscar soluções mais rapidamente pode ser uma forma de trabalhar além, melhorando performances como um todo. Até porque, para manter bons colaboradores Millenials, é preciso corresponder a esse dinamismo inerente a quem já cresceu fazendo diversas coisas ao mesmo tempo, pelo advento das formas de acesso multifacetadas à informação.

Imponha limites. Mas, não basta corresponder a essa correria. É preciso incluir os limites necessários para que se tenha um desenvolvimento consistente. Ao criar um plano de mentoria para que essas pessoas possam ter o melhor aproveitamento possível, é preciso pontuar sobre os objetivos e metas e traçar um plano detalhado do passo a passo para conseguir.

Mostrar que talvez uma alta velocidade possa aumentar os efeitos de um tropeço. Observar com eles que é preciso antever os desafios e estar preparado para isso. Sem contar que às vezes ir mais devagar nos permite “saborear” algumas coisas que não seriam possíveis de outro modo.

Mas, isso não significa estagnar, pelo contrário: o melhor a fazer é unir toda esse fome a uma estratégia bem estruturada. Assim, a vontade e determinação de estar sempre à frente terá sempre todas as chances para ser algo concretizado.

Proporcione benefícios. Traçar um plano de carreira, ter uma estratégia de premiações contínuas conforme objetivos sejam alcançados, criar um programa de mentoria enfatizando benefícios envolvidos. São formas de atrair a atenção dos Millenials para algo que realmente acrescentará a eles informação e trará diversas vantagens, tanto pessoal quanto profissionalmente. Essa geração busca satisfação como um todo, por isso demonstrar que a proposta contempla esse tipo de necessidade básica, promoverá um clima altamente participativo e engajado.

Dessa forma, é possível criar um programa de mentoria que envolva a Geração Millenials, alcançando uma alta performance. Uma forma de melhorar ainda mais e gerir de forma efetiva os processos, é envolver outras gerações no programa, dando a chance de uma troca saudável de informações, onde todos saem ganhando.

 

 

Mentoria: alternativa para desenvolver os Millenials
Leia Mais

6 maneiras de engajar os Millenials

A gente já discutiu esse assunto aqui: não é fácil de engajar os Millenials e mantê-los realmente “dentro do barco”. Veja aqui seis maneiras de fazer com que essa geração, nascida após 1994, traga mais oxigênio, ideias e motivação para sua empresa:

Facilite a união do time fora do escritório. Os Millenials são criaturas sociais  – talvez bem mais que a gereção que os precede. Crie oportunidades para que o time desenvolva um relacionamento genuíno – isso vai ajudar, e muito, no engajamento.

Tenha tempo para dar coaching, treinar e desenvolver as pessoas. De fato, os Millenials são conhecidos por quererem uma satisfação quase que instantânea. É importante identificar os motivos pelos quais esses jovens se sentem insatisfeitos – se o trabalho não oferece desafios, ou se está tirando o profissional de sua zona de conforto.  Ajudar a identificar os motivos e orientar essas pessoas é uma excelente forma de engajamento.

Encorage a tentativa e erro. Como jovens em desenvolvimento, é claro que poderão cometer erros. O pior ambiente que você pode criar é aquele no qual as pessoas sentem medo de serem demitidas o tempo todo. Para reter os Millenials, ofereça oportunidades de desenvolvimento profissional e encorage abertamente as pessoas a ter mais responsabilidades. Eles precisam se sentir que os erros na tentativa de acertar são uma parte natural do processo. Ofereça feedback sempre que necessário.

Não seja um microgerenciador. Você prefere trabalhar com pessoas que vão se dispor a pensar o mínimo ou com profissionais que buscam pensar como um CEO? Se você prefere a segunda opção, não seja um microgerenciador. Isso desencoraja as pessoas a aprender, arriscar, e tomar suas próprias decisões. Além do mais, criar um time extremamente dependente nunca é positivo.

Reconheça aqueles com melhor performance. O reconhecimento permite que as pessoas vejam o resultado da luta e do trabalho duro. É importante mostrar às pessoas que elas não estão sozinhas enfrentando os desafios.

Fale sobre os objetivos das pessoas. Especialmente com os Millenials, é importante ter conversas regulares sobre o que você espera deles. Você precisa entender o que motiva seu time a trabalhar duro todos os dias. Se o seu objetivo é reter essas pessoas, descubra o que elas querem, e tenha a certeza de que estão alinhadas aos objetivos do time. Se você leu até aqui estas dicas por se interessar neste grupo geracional dos Millenials e em engajamento de funcionários, agora releia e veja como o mesmo se aplica a seu pessoal, seja Geração Y, X, Baby Boomers, enfim, engajar as pessoas a um propósito é uma responsabilidade dos líderes eficazes e para tal, deve conhecer estas pessoas sem rótulos de gerações ou outros quaisquer; estes rótulos apenas distorcem a percepção da realidade humana.

Leia Mais