“Sou muito nova, tenho apenas 22 anos, e há três anos trabalho na empresa xxx como técnica. Ganho um salário muito bom, comparado às pessoas da minha idade. Porém, tenho uma enorme vontade de fazer intercâmbio e estudar no exterior durante uns dois anos. Mas a minha grande dúvida é saber se vale a pena largar um emprego em uma empresa conceituada. Mas me sinto estagnada, principalmente por não falar inglês fluente. E já perdi oportunidades por este motivo. Preciso ouvir sua opinião.”

Resposta: Aproveitar o conforto do presente ou apostar nos riscos do futuro?

Parece-me que nesse seu dilema, você se aproxima de um sem número de pessoas que se encontram em encruzilhadas de carreira (vide meu texto sobre este tema no Vya Estelar) em que precisam fazer escolhas que podem impactar seus destinos.

Tão jovem e com uma formação técnica de qualidade que permitiu acesso a uma das maiores empresas brasileiras você deve se sentir orgulhosa e também segura de que tem seu lugar no mercado, mesmo que interrompa temporariamente sua carreira nessa empresa. O Brasil passa por um período de quase “pleno emprego” que aparentemente, durará por muitos anos ainda, como todos torcemos.

Nesses períodos da conjuntura de um país, podemos tomar alguns riscos, pois as chances de se reempregar são melhores. Tomar distância do momento que você vive hoje e olhar para sua carreira no longo prazo, imaginando onde quer chegar e o que precisaria fazer para pavimentar melhor seu caminho até seu destino final, é uma atitude importante a tomar nessa sua encruzilhada ou dilema de carreira.

E, pelo que você cita em sua consulta, você já tem a resposta — tomar uma “rua paralela” hoje, para atender a uma “enorme vontade” e adquirir uma competência tão importante quanto a fluência em inglês, permitirão energizar e acelerar seu trajeto quando voltar para sua “avenida principal” visando ao sucesso na carreira futura.

A alternativa é chegar aos 44 anos ou mais, frustrada porque não realizou seu sonho e inconformada por ver tantas oportunidades perdidas. Assim como você já tem visto, você encontrará outras pessoas que terão investido em adicionar competências que você relegou a segundo plano por causa do foco no presente de sua carreira. Talvez valha mais a pena olhar para o presente que o futuro pode reservar para você com a ideia do intercâmbio agora.

Boa sorte!