Seja nos negócios ou na vida pessoal, todos nós tendemos a ter diferentes percepções, ou vieses, sobre as pessoas e circunstâncias ao nosso redor.

Há uma dose de verdade na frase “percepção é realidade”, mas há, pelo menos, quatro falsas percepções ou vieses que impedem nosso crescimento e sucesso. Veja como eles impedem você de tomar decisões de sucesso:

Viés associativo

Esse é um termo “chique” para a relação de eventos, padrões e resultados que não devem ser relacionados. Muitas pessoas inovadoras e empreendedoras alcançam o sucesso com suas empresas fazendo conexões que outras pessoas não conseguem ver, porém, isso é um tipo diferente de salto mental que não se relaciona com o viés associativo.

Um exemplo de viés associativo é jogar algo no lixo e então perceber que está sem as chaves. A reação óbvia de muitas pessoas nessa situação é achar que acidentalmente jogou suas chaves fora. Elas então começam a fuçar no lixo, mas, na verdade, esqueceram suas chaves em cima do balcão.

Esse viés causa desperdício de tempo, atrasos e retrabalhos desnecessários.

Viés de confirmação

Significa que tendemos a gravitar em torno de dados, informações e resultados que confirmam nossas crenças e ignorar os que vão contra o que acreditamos.

Isso leva a um “pensamento grupal” em que equipes insistem em uma mentalidade tóxica que se alimenta de uma lógica circular.  Esse viés pode ser um dos mais perigosos porque exclui muitas informações e insights.

É um exemplo claro de que a diversidade de opiniões é importante e de que grupos tomam decisões melhores do que indivíduos.

Viés do excesso de confiança

Um dos maiores exemplos de sabedoria já proferido por um humano foi a famosa frase atribuída a Sócrates, “Conheça a ti mesmo”.

O viés do excesso de confiança é o oposto dessa frase. É um senso muito inflado e distorcido de suas habilidades, conhecimento e capacidades que pode afetar um único indivíduo ou uma organização inteira.

Conhecer suas fraquezas pessoais ou da sua empresa é uma boa maneira de evitar essa armadilha.

Viés do investimento

Esse viés faz com que um indivíduo ou uma organização jogue dinheiro fora ao tentar preservar um investimento inicial.

O pensamento por trás desse viés é: “Bem, chegamos a esse ponto, não podemos desistir agora”. Esse comportamento é refletido nas ações de apostadores, que continuam apostando porque sua sorte “está para mudar”.

Pedir uma segunda opinião de um terceiro, na maioria das decisões, pode ser uma boa prática.

A maioria das pessoas nem sabe que esses vieses existem dentro delas. A melhor maneira de começar a desviar de cada uma dessas armadilhas é estar consciente de que esses vieses existem e que provavelmente estão dentro de você e da sua organização.

Com Entrepreneur