Por que a maioria das definições de liderança está errada

O que de faz um indivíduo um líder, afinal de contas? É uma pergunta simples, mas que ainda continua quebrando a cabeça dos maiores pensadores do mundo dos negócios. Diversos livros foram escritos com o objetivo de definir o que é ser um líder, mas ainda é raro encontrar definições que realmente retratem a liderança.

Para começar, vamos falar sobre o que liderança não é

Liderança não tem nada a ver com senioridade ou posição no organograma de uma empresa. Muitos falam sobre a liderança de uma empresa referindo-se à maioria dos altos executivos da organização. Eles são apenas isso, altos executivos. A liderança não acontece automaticamente quando um profissional chega a um determinado nível salarial dentro de uma empresa.

Liderança também não tem nada a ver com títulos. Você pode ser um líder em seu local de trabalho, seu bairro ou sua família, tudo sem ter um título de mestre ou doutor, por exemplo.

Liderança não tem nada a ver com atributos pessoais. Diga a palavra “líder” e a maioria das pessoas pensa em um indivíduo dominador, carismático e responsável. Mas a liderança não é um adjetivo. Nós não precisamos ser extrovertidos ou carismáticos para praticar a liderança.

Liderança não é gerenciamento. Este é o grande problema. Liderança e gerenciamento não são sinônimos. Os gerentes precisam planejar, medir, monitorar, coordenar, resolver, contratar, demitir e tantas outras coisas. Os gerentes passam a maior parte do tempo gerenciando as coisas. Líderes lideram pessoas.

Então, o que faz de uma pessoa, um líder?

Diversos pensadores de negócios respeitados já fizeram suas próprias definições de liderança. Peter Drucker: “A única definição de líder é alguém que tenha seguidores”. Warren Bennis: “A liderança é a capacidade de transformar a visão em realidade”. Bill Gates: “Ao olharmos para o próximo século, os líderes serão aqueles que “empoderarão” os outros”. John Maxwell: “Liderança é influência – nada mais, nada menos.” Eles podem até citar pontos da liderança, mas nenhum deles pôde definir por completo.

Para esclarecer, podemos dizer que a liderança é um processo de influência social que maximiza os esforços de outros em direção à realização de um bem maior.

Observe os principais elementos dessa definição:

  • Liderança decorre da influência social, não da autoridade ou poder.
  • Liderança requer outros, e isso implica que eles não precisam ser “subordinados diretos”.
  • Nenhuma menção a traços de personalidade, atributos ou títulos;
  • Existem muitos estilos, muitos caminhos para uma liderança eficaz.
  • Inclui o objetivo de um bem maior e não influência sem um resultado desejado.

Liderança é uma mentalidade em ação. Então não espere pelo título. Liderança não é algo que qualquer um pode dar a você – você tem que merecê-lo e reivindicá-lo por si mesmo.

Quer ser um grande líder e engajar sua equipe? Baixe o e-book “Para se engajar, líderes precisam se comportar melhor” e saiba como seu comportamento reflete na sua liderança.