Eles nos incomodam ao conversar conosco sobre qualquer coisa e sobre tudo, mesmo quando é óbvio que eles sabem muito menos do que acreditam saber. Mas os sabe-tudo não estragam apenas reuniões e jantares com bebidas alcoólicas. Quando eles ascendem a posições de poder, eles podem desgastar a produtividade e provocar erros dispendiosos.

Joann S. Lublin escreveu um artigo divertido sobre o assunto no Wall Street Journal. Ela entrevistou um número de ex-sabe-tudos que causaram grandes problemas para si e para suas empresas, como perder mais de US$ 2 milhões em uma compra de casa, contratar um candidato inadequado a um emprego e não pedir a contribuição de subordinados.

O sabe-tudo causa todos os tipos de dores de cabeça profissionais. Eles não tentam aprender sobre um problema ou pedir ajuda, o que leva a decisões erradas. Eles ignoram algumas pessoas ou são condescendentes com os outros, o que leva a um ambiente de trabalho tóxico. Eles projetam uma falsa aura de poder e conhecimento, o que os leva a aceitarem trabalhos que talvez não sejam capazes de realizar.

Agora, os Estados Unidos têm um exemplo perfeito de liderança “sabe tudo” – o presidente Donald Trump. Mesmo antes de sua eleição, ele estava direta e literalmente dizendo que sabe tudo. Uma empresa de pesquisa compilou uma lista de todas as coisas que Trump disse que sabe mais do que ninguém, incluindo finanças de campanha, Estado Islâmico, sistema de vistos, fronteiras internacionais, comércio internacional e tecnologia de drones, apenas para citar algumas de suas quase duas dúzias de exemplos.

Apesar da bravata, as declarações de expertise de Trump criaram uma cultura de caos na Casa Branca e fora dela. Sua alegação de que o Estado Islâmico foi derrotado tornou-se sua justificativa para retirar imediatamente os militares norte-americanos da Síria, uma decisão que causou confusão no Pentágono e, em última instância, levou à saída do secretário de defesa. Sua insistência em uma guerra comercial com a China criou novos desafios para a Apple e outras empresas americanas. E, em vez de enfrentar as inúmeras questões complexas e técnicas ao longo da fronteira entre os EUA e o México, ele está insistindo em um muro e abandonou as negociações para reabrir o governo quando os democratas se recusaram a aprovar o orçamento para seu muro.

Embora as notícias políticas cotidianas pareçam desanimadoras, os sabe-tudo no artigo de Lublin deram passos significativos para melhorar seu comportamento. Um deles fez com que seus gerentes  mantivessem diversos pontos de vista, e ele os encoraja a chamá-lo de idiota. Outro deu ao seu comitê mais poder ao tomar decisões de contratação. Todos eles adotaram uma abordagem semelhante – eles se tornaram mais humildes.

Liderança humilde é o outro lado dos sabe-tudo. Em vez de presumir que sabem o que é melhor, os líderes humildes recorrem a seus colegas de trabalho e fazem perguntas para tomar a melhor decisão possível. Na Hogan Assessments, definimos a humildade como autoconhecimento, valorizando os pontos fortes e as contribuições dos outros e a abertura a novas ideias e feedback para o desempenho pessoal. Aos sabe-tudo geralmente faltam essas três características.

Além disso, os líderes humildes se tornam mais bem-sucedidos do que os sabe-tudo. Eles não permitem que seu senso de autovalor interfira em levar sua organização ao sucesso.  Um estudo recente revelou que altos níveis de humildade levam a taxas mais altas de engajamento dos funcionários, mais satisfação no trabalho e menores taxas de rotatividade. A humildade é o antídoto para achar que sabe tudo.

Embora os entrevistados de Lublin se tornem autoconscientes o suficiente para mudar seus hábitos, nem todos os sabe-tudo podem corrigir seus hábitos sem intervenção externa ou antes de cometer um erro muito caro. Avaliações de personalidade também podem ajudar os sabe-tudo a entender o que estão fazendo. Não importa o método, aumentar o autoconhecimento e aprender a fazer perguntas é claramente uma estratégia melhor do que fingir que você sabe tudo enquanto mostra ao mundo que você realmente não sabe nada.