Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais complexas às mais simples. As chances são de que, em algum ponto, você vai errar em uma delas.

Não se preocupe, todo mundo erra. De fato, alguns estudos sugerem que a taxa base de más decisões chega a 50%. Infelizmente, quando a maioria de nós é confrontada com a notícia de que fez uma escolha ruim, não há disposição de admitir o erro. Em vez disso, discutimos, racionalizamos e tentamos nos salvar a custo de tempo, recursos e respeito de nossos colegas e funcionários. Aqui estão três maneiras de falhar melhor:

  1. Mantenha a calma

Algumas pessoas reagem aos erros com demonstrações emocionais. Respire, conte até dez e lembre-se de que pesquisas mostram que pessoas que se mantêm calmas são mais suscetíveis a reconhecer seus erros e mudar de caminho quando necessário.

  1. Assuma a culpa

Algumas pessoas reagem a feedbacks negativos com desvios e negação. Elas podem se recusar a reconhecer fatos, ignorar feedback, difundir o fracasso como sucesso ou querer seguir em frente. Outros são mais suscetíveis a considerar os fatos, apontar falhas e usar o feedback negativo para melhorar decisões futuras. Os que aceitam feedback negativo são mais bem preparados para corrigir erros e melhorar a tomada de decisões no futuro.

  1. Esteja aberto a feedback

Pode ser difícil aceitar feedback negativo, especialmente quando vindo de colegas ou funcionários. Resista à tentação de descartar todas as reclamações de seus parceiros, comentários paralelos e críticas. Pessoas que se engajam e internalizam feedback negativo são menos suscetíveis a repetir seus erros.

Mantendo a calma, aceitando a culpa e internalizando o feedback, é possível manter a credibilidade através das falhas, aprender com elas e evitar repeti-las.

Com Hogan Assessments