Como ganhar credibilidade quando se tem pouca experiência
20074879 - picture of man putting stack of coins into one row

Existe um grande dilema que muitos profissionais jovens encaram. Empresas procuram por profissionais jovens, mas exigem muita experiência. E isso gera o paradoxo: como pessoas que estão iniciando uma carreira vão conseguir uma oportunidade se as empresas buscam por profissionais com experiência? Pesquisadores do Instituto de Liderança Global de Negócios, da Brandeis University, vêm estudando esse problema e afirmam que a solução talvez não seja tão complexa como parece. Segundo eles, pessoas jovens têm mais recursos do que imaginam e estes podem superar seu déficit de experiência. Além disso, elas são capazes de agir diretamente para compensar e desenvolver experiência.

Confira, abaixo, cinco coisas que você pode fazer enquanto iniciante para superar esse desafio e conseguir uma oportunidade que impulsione sua carreira:

  1. Alavanque suas habilidades de pesquisa

Para suprir a falta de experiência, uma das melhores alternativas é se dedicar para adquirir o máximo de conhecimento possível sobre o setor em que você deseja atuar. Possuir conhecimento, e saber onde e como busca-lo continuamente, não só pode lhe ajudar a realizar um trabalho melhor, como pode, também, ajudar os colegas de trabalho e até mesmo os clientes.

Recém-formados têm a vantagem de ter adquirido conhecimento atualizado sobre o mercado, sobre técnicas de pesquisa, têm novas ideias para otimizar os processos e está familiarizado com as tendências. E mesmo que você não tenha concluído a faculdade recentemente, é possível fazer pesquisas e entender o que o seu mercado busca em um profissional e, assim, buscar o conhecimento certo, que chame a atenção de recrutadores e ajude você a conseguir uma grande oportunidade.

  1. Saiba qual é sua principal contribuição para a empresa

É importante ter noção de quais são suas principais habilidades e pontos fortes e como isso vai ajudar a empresa que lhe contratar a melhorar os resultados. Faça uma autoavaliação, analise seus feitos em todas as suas experiências relacionadas à profissão, não necessariamente trabalhando em uma empresa, mas em projetos universitários, trabalhos extracurriculares etc. Toda a experiência que motiva desafios e faz com que você adquira conhecimentos é válida.

Nessa etapa da carreira, o autoconhecimento é fundamental, pois apenas você sabe do que é capaz e conhece seu próprio potencial. Após ter isso definido, encontre a maneira ideal de como transmitir isso ao recrutador ou ao gestor que lhe entrevistará, de forma convincente e verdadeira.

  1. Seja proativo para se voluntariar

Assim que uma oportunidade dentro de uma empresa é  conquistada, é hora de dar início ao trabalho duro. Provar seu valor é uma das tarefas mais desafiadoras, mas é possível, pois o potencial está dentro de você, só precisa ser desenvolvido. Demonstre interesse sobre novos assuntos, ajude os colegas na soluções de problemas, mesmo sem que alguém o solicite, dê ideias quando achar oportuno e se mostre sempre disposto a ajudar e aprender.

  1. Gerencie sua carga de trabalho e comunique-se proativamente

Organizar seu fluxo de trabalho e garantir que esteja sempre tudo em dia é uma excelente maneira de construir uma reputação de confiabilidade. É importante manter os pés no chão. De nada vale dizer ‘sim’ para tudo o que lhe pedem se chegar ao ponto em que não consegue mais cumprir todas as responsabilidades dentro dos prazos.

Ter controle sobre a demanda de trabalho permite que você seja proativo, ajudando os colegas quando for necessário sem comprometer suas próprias responsabilidades. Nessa fase inicial, a confiança e credibilidade são ainda mais importantes do que a experiência.

  1. Construa e cultive uma de relacionamentos estratégicos

Durante todo o processo de adaptação dentro de uma empresa, é importante começar a trabalhar, também, o networking. No início da carreira, é muito importante garantir que seus relacionamentos profissionais venham a lhe ajudar no futuro. Para isso, você deve se atentar a todos os pontos citados anteriormente e cultivar uma relação próxima com as pessoas certas. Mas, nesse processo, é preciso ter cuidado para não forçar relacionamentos e acabar denegrindo sua imagem antes mesmo de construí-la.

O segredo é trabalhar duro e garantir que todo seu trabalho seja realizado com excelência. Bons profissionais são notados, portanto, se você cumpre com suas responsabilidades, o relacionamento com colegas de trabalho e gestores vai se desenvolver naturalmente.

Com o Inventário de Motivos, Valores e Preferências da Hogan, é possível mapear os dez valores centrais e os motivadores do candidato e identificar se esse profissional se enquadra à cultura da empresa.