Ninguém gosta de um chefe extremamente autoritário. Existem montanhas de evidências que revelam que chefes demasiadamente controladores são ruins para o engajamento do funcionário e para o moral e produtividade do ambiente de trabalho.

Um interessante estudo publicado pela “Academy of Management Journal” argumenta que, apesar de um chefe mega controlador apresentar características desfavoráveis para a execução do trabalho, ter à disposição um chefe que confia em seu trabalho cegamente também pode ser tão estressante quanto. O autor do estudo, Michael Baer, afirma que chefes que permitem aos subordinados que trabalhem com liberdade, sem apontar orientações claras ou estabelecer expectativas de performance, podem levar a um estresse crônico, e eventualmente, ao desgaste do funcionário.

Por um lado, com o chefe controlador, muitos profissionais param de se importar com o serviço, já que entendem que nunca nada vai ser bom o suficiente. Por outro lado, o estresse vem em não saber as perspectivas do funcionário dentro da empresa.

Há duas razões para um chefe agir de modo controlador:

  1. O profissional deu a ele uma razão para não confiar em seu trabalho.
  2. É apenas a personalidade dele.

Se um profissional está confiante que executa um trabalho com qualidade e que cumpre com todas as suas obrigações durante o expediente, então ele precisará tomar algumas atitudes para contornar a situação. Confira algumas medidas que podem funcionar para conquistar a confiança de um chefe autoritário e ganhar mais liberdade:

Fazer uma lista específica de exemplos

Construa uma lista de circunstâncias que revelam o quanto o seu trabalho poderia ser mais produtivo sem a interferência de elementos externos. Deixe o seu chefe saber que o seu objetivo é aumentar a produtividade e economizar tempo nos processos de execução.

Pergunte como melhorar

Pergunte se há algo que você pode fazer para desenvolver suas próprias competências. Permita que seu chefe faça sugestões de aprimoramentos para sua carreira.

Atualize seu chefe

Comprometa-se a manter seu chefe informado para que ele não fique constantemente procurando-o. Mostre a ele que você quer conquistar sua confiança.

Personalize sua abordagem

Tente observar o que motiva o seu chefe. Saiba quais são suas preocupações e procure estar um passo à frente dos principais problemas que ocorrem durante o expediente.

Com Hogan Assessments