Todos que já receberam um feedback negativo sabem que é uma bomba para o ego. Embora muitos de nós digamos que desejamos críticas construtivas, o que realmente esperamos é um “parabéns pelo bom trabalho” e um tapinha nas costas. Infelizmente, a positividade constante pode distorcer a percepção que temos de nossos talentos e prejudicar a carreira.

“Nossas tentativas de nos mantermos positivos em relação a nós mesmos minam nossa habilidade de aceitar feedbacks negativos dos outros”, diz Dr. Tomas Chamorro-Premuzic, CEO da Hogan. Receber e aprender com as críticas são atitudes essenciais para desenvolver nossos talentos. Aqueles que lidam bem com feedbacks negativos têm mais chances de serem bem sucedidos. Por isso, em vez de se tornar defensivo ou se desviar da culpa, conheça algumas maneiras de lidar com feedbacks negativos de uma maneira positiva e construtiva:

  1. Não argumente ou dê desculpas. Quando um supervisor indica os pontos de melhoria em seu desempenho, é fácil se fixar apenas nos negativos. Em vez de encarar feedbacks negativos como ataques pessoais, veja-os como insights de como melhorar sua performance e crescer profissionalmente.
  2. Use o feedback negativo como uma oportunidade de refletir sobre si mesmo, seus pontos fortes e fracos. Enfatize os fatos apresentados e quais passos devem ser dados para fazer as mudanças necessárias para melhorar.
  3. Seja proativo e faça perguntas. Permita-se a se abrir para sugestões de como melhorar e faça um plano de ação claramente definido de como alcançará os resultados desejados. Ter menos ambiguidades no seu plano aumenta suas chances de sucesso.

 

Aceitar feedback negativo nem sempre impede que uma pessoa cometa erros ou ocasionalmente tenha baixa produtividade. No entanto, ter entendimento de suas fraquezas pode ajudar a prevenir que elas prejudiquem sua carreira quando um problema aparece e dá a oportunidade de desenvolver habilidades que podem ter sido negligenciadas.

Feedback negativo não é nada prazeroso, mas pode fazer a diferença entre uma carreira em ascensão e uma carreira estagnada. Roberto Santos, complementa que, na realidade, todo feedback é positivo seja o de reconhecimento ou aquele que visa ajudá-lo a corrigir sua rota para melhorar seu desempenho.

Com Hogan