chefe

Embora a comunicação honesta seja crucial entre você e seu chefe, é melhor algumas coisas não serem ditas. Mesmo que você tenha um ótimo relacionamento com a liderança, existe uma linha que é melhor não cruzar e, mesmo que a honestidade seja a melhor política no local de trabalho – como toda a regra, existem exceções.

A “Business Insider” consultou vários especialistas em Recursos Humanos para descobrir quais são as coisas que é melhor não serem ditas ao chefe. Veja:

“Por que você votou nesse candidato nas eleições?”

Em tempos de polarização política tão forte, é preciso tomar cuidado nos questionamentos acerca das últimas eleições – mesmo que pareça ser uma conversa “informal”, é bom evitar fortes posicionamentos políticos dentro da empresa. Amizades e relacionamentos foram arruinados nesta última eleição – mas é melhor não testar esses limites com o chefe.

“Isso é impossível”

A última coisa que o seu gestor quer ouvir é negatividade ou falta de convicção. Se você tiver dúvidas, diga quais são e peça informações. De acordo com Lynn Taylor, autora do livro “Tame Your Terrible Office Tyrant: Como gerenciar Comportamento do chefe tirano e prosperar em seu trabalho”, uma das maneiras de entender se você pode dizer algo assim para o seu chefe é se colocar no lugar dele. Seus comentários e perguntas refletem um comportamento positivo e confiante?

“Você está errado”

Criticar abertamente ou apontar o erro de seu chefe, mesmo que ele seja um amigo, é um golpe para o ego, e é um modo seguro de ser excluído de reuniões futuras ou ignorado na próxima vez que você levantar a mão para falar. Se você acha que seu chefe cometeu um erro, há maneiras melhores de lidar com isso. Você pode dizer: “Eu posso estar mal informado sobre isso, mas fiquei com a impressão de que …” Isso leva o chefe a reconsiderar e corrigir as informações, se necessário, sem levantar defesas.

“Isso não faz parte do meu escopo de trabalho”

Nenhuma descrição de trabalho é definida em pedra. “Como equipes multifuncionais permanecem na ordem do dia, espera-se que você seja flexível e facilite a vida de seu chefe”, explica Taylor.

“Eu não sei”

Você pode não ter a resposta para todas as perguntas, mas sua melhor suposição e uma promessa de descobrir é muito melhor do que simplesmente dizer “eu não sei”.

“Vou tentar”

Algumas pessoas pensam que esta é uma resposta aceitável, pois todos “tentamos” fazer as coisas da melhor maneira possível. Mas isso deixa o gerente inseguro, e quando as tarefas são dadas, seu chefe está contando com você, geralmente com prazos específicos. Então, é melhor aceitar o trabalho e entregar o seu melhor, do que iniciar a tarefa com essa insegurança em ambos os lados.

“Meu namoro acabou e hoje não tenho cabeça para nada”

Por mais inacreditável isso seja, essa frase é extremamente comum. É lógico que todo mundo tem problemas pessoais de vez em quando, e recorrer a amigos para apoio emocional pode ajudar – isso não significa falar para o seu chefe que você vai estar no trabalho “de corpo presente” apenas. Mantenha o profissionalismo para não arrumar também um problema no trabalho.

“Bem, eu fiz o meu melhor”

Isso é uma desculpa. Se você cometeu um erro e que foi o seu melhor, essa frase acaba depondo contra as suas habilidades. A melhor resposta é que você vai acertar da próxima vez.

“Eu já tentei isso antes”

Chefes têm pouca tolerância à preguiça. Antes de você simplesmente se negar a fazer o que está sendo proposto, examine se esse é o caminho.

“Não fui eu. A culpa é do fulano”

O jogo da culpa é um caminho traiçoeiro. Se você é inocente, então explique o motivo. Não envolva os outros se você tiver a responsabilidade primária – ou seja, se as ações subsequentes e erradas partiram de um erro seu. Assumir a responsabilidade é fundamental.

“Eu não posso trabalhar com ele / ela”

Não jogar bem com os outros não é bom na escola primária, nem é aceitável no local de trabalho. Assume-se que você seja capaz de superar conflitos de personalidade com o objetivo de fornecer resultados excelentes, sem necessidade de tratamento preferencial.

“Ele / ela é um(a) idiota”

Você pode ser sincero com seus amigos em casa, mas não com seu chefe.

Finalmente, para todas estas situações, seu autoconhecimento sobre seu perfil e o conhecimento do perfil de seu gestor são fundamentais para você analisar as reações acima e definir quais que você tem maior probabilidade de ter e quais as reações mais prováveis de seu chefe para controlar os efeitos danosos de sua franqueza.